28.12.11

Mecanismo Europeu de Estabilidade (M.E.E.), o novo ditador europeu.



Ou aqui em Inglês.

Mecanismo Europeu de Estabilidade (M.E.E.), o novo ditador europeu.

Também aqui aqui mais uma leitura interessante.

O tratado pode ser baixado aqui.
.
Keiser Report 228

Episode 227

Episode 226

Episode 225

Max Keiser takes offense to Goldman Sachs story (pt1 of 2)


Max Keiser takes offense to Goldman Sachs pt2 of 2 oligarchy


A solução é construir um novo sistema, global, com uma governação mundial...

23.12.11


Um Santo Natal e Próspero Ano Novo.

18.12.11

Weapons of Mass Deception

17.12.11

1/4 - Secret Iraq: Insurgency


2/4 - Secret Iraq: Insurgency


3/4 - Secret Iraq: Insurgency


4/4 - Secret Iraq: Insurgency




Beyond Treason: The True Story of Depleted Uranium


Calcula-se que as forças da coligação tenham despejado no Iraque duas toneladas e tal de urânio empobrecido. Uma catástrofe ambiental e humana.

U.S. Uses Depleted Uranium in Iraq

15.12.11

A former official from within the ranks of the Federal Bureau of Investigation is reporting that US and NATO forces have landed outside of Syria and are training militants to overthrow the regime of President Bashar al-Assad.

Um ex-funcionário de dentro das fileiras do Federal Bureau of Investigation relata que as forças dos EUA e da NATO desembarcaram fora da Síria e está treinando militantes para derrubar o regime do presidente Bashar al-Assad.


O seu livro, sobre as suas miseráveis, repulsivas actividades – Capitol Punishment.
Prosecuting Wall Street pt 1
Prosecuting Wall Street pt 2


14.12.11

Richard_Perle é considerado um dos arquitectos da guerra no Iraque.
Oiçamos as barbaridades para justificar o injustificável.

“The End Of Liberty” Full length HQ Film
O fim da liberdade.

7.12.11

Sócrates “Pagar a dívida é ideia de criança”


Que ninguém se ria...
Sócrates:
“Estuda-se em economia, foi isso que eu estudei durante... tempo, são por definição eternas. As dívidas gerem-se, foi assim que eu estudei.”
“É claro não devemos deixar crescer a dívida muito, porque isso pesa (…...) sobre os encargos.”
Etc (se não vomito).

A dívida eterna.
Se fosse banqueiro não podia ouvir melhor frase.
Com os juros cobrados, iria sempre financiar as faculdades que incutissem isto nos seus estudantes. Mais, financiaria os políticos com este tipo de opinião, isto é, estariam na minha folha de pagamentos.
A razão, embora abominável, tem uma justificação muito simples. Com os juros que cobraria, garantiria o meu sustento. Garantiria que os estados (e se possível as pessoas também) se mantivessem eternamente devedores. E sendo eu o credor, seria eu sempre a dominar.
Infelizmente os pagadores, todos nós, eu não sou banqueiro, estamos a sentir na pele o efeito nefasto desta forma de pensar e actuar.

1.12.11

“A Dinamarca introduziu o que se acredita ser o primeiro imposto do mundo de gordura - uma sobretaxa sobre os alimentos que são ricos em gordura saturada.”
Claro que os políticos não estão interessados na saúde das pessoas, mas sim em mais dinheiro e mais invasão na privada das pessoas.

Scientists develop new bird flu strain yhat “cloud kill millions””
A solução decente para com estes cientistas?... cana com eles!

Investigators have found that in 2007 the German Intelligence Service (BND) destroyed files of 250 BND employees who had been in the Nazi SS or Gestapo.”
“The files were destroyed because they were not deemed to be worth keeping, the BND said.”
http://www.bbc.co.uk/news/world-europe-15968698
Claro claro...

"We are taking the best gear, the best technology on the market to date and giving it to guys known to stab us in the back," Sgt. Meyer wrote to Bobby McCreight, his supervisor, according to the lawsuit. "These are the same people killing our guys."”

“In a historic blow to the big banks, a federal judge this week issued a landmark decision by shutting down Citigroup Inc’s offer of settling Securities and Exchange Commission complaints with a measly $285 million.
The SEC and Citigroup stood to cut a deal that would keep the banking giant from admitting that they defrauded investors in the financial scandal that helped cause the great recession of three years earlier. U.S. District Judge Jed Rakoff rejected Citigroup’s proposed $285 settlement, however, dismissing the offer as "pocket change to any entity as large” as them.”
Aleluia!

“An immigrant group based in Bern has called for the emblematic white cross to be removed from the Swiss national flag because as a Christian symbol it “no longer corresponds to today’s multicultural Switzerland.””
Multiculturalismo.

Depois de tudo isto lembrei-me do vídeo que segue; Quem são os verdadeiros piratas.
Pois bem. Provavelmente até são os grupos somalis, que pedem resgate pelos barcos sequestrados, mas os outros que o autor do vídeo quer dar a entender que são os verdadeiros piratas, não o são. São é criminosos!

A verdade sobre os “piratas” da Somália. Saiba quem realmente são os piratas.


Episode 216 Keiser report (mais sobre fraudes pelos cabeçilhas financeiros)


Texto e vídeo que ajudam a desnudar o que é a U.R.S.E.
 
In order to create the European Union it became necessary for its major proposers and supporters to undermine the democracy of the people. It stole its authority by ignoring the will of the people in various referenda. Now, in order to save its flawed currency, it seeks to make itself immune from the rule of law.”
Article 125
(ex Article 103 TEC)
1. The Union shall not be liable for or assume the commitments of central governments, regional,
local or other public authorities, other bodies governed by public law, or public undertakings of any
Member State, without prejudice to mutual financial guarantees for the joint execution of a specific
project. A Member State shall not be liable for or assume the commitments of central governments,
regional, local or other public authorities, other bodies governed by public law, or public
undertakings of another Member State, without prejudice to mutual financial guarantees for the
joint execution of a specific project.

Mas para não serem só tristezas.
Klaus Dona : The Hidden History of the Human Race (March 2010)

30.11.11

Episódio 215



Vejamos o que viver do/a crédito criou na América (o vídeo podia ser melhor)




"Χρεοκρατία" (Dividocracia), em Português

28.11.11

The Real Face of The European Union (EU)
A verdadeira cara da União Europeia


26.11.11

Fall of the Republic HQ full length version

25.11.11

Iraq For Sale - Full Movie


9/11: Core of Corruption - In the Shadows FULL HD

24.11.11

A Corporação (2003) - Versão completa - The Corporation ( Leg. Pt-Br)


23.11.11

Aaron Russo
Um dos Rockefeller, amigo dele, perguntou-lhe se ele sabia porque surgiu o movimento feminista.
Ele deu-lhe a resposta tradicional. O Rockefeller disse-lhe que ele era um burro e depois explicou-lhe; (55:05) Nós a Fundação Rockefeller financia-mo-lo por duas razões. (1) porque havia uma parte da população que ainda não pagava impostos e (2) porque assim os miúdos vão para as nossas escolas e desta forma podemos molda-los, desde idades muitos tenras. Já não têm as mães a educa-los. O estado agora é a sua família.

Aaron Russo interviewed by Peter Boyles



America: Freedom to Fascism - Director's Authorized Version



Fabled Enemies Full Length


9/11 - Missing Links ( full movie )


Invisible Empire A New World Order Defined Full (Order it at Infowars.com)

.

21.11.11

A Doutrina do Choque (The Shock Doctrine) - Naomi Klein // Completo

19.11.11

Interessante o que Greg Palast diz sobre John Perkins
John Perkins: Jerk, Con Man, Shill - http://www.gregpalast.com/john-perkins-jerk-con-man-shill/ -

Interview - John Perkins - Confessions of an Economic Hit Man - Part I



Interview - John Perkins - Confessions of an Economic Hit Man - Part II

.

Troica e restante máfia lda

“‘Troika’ acelera privatizações

A venda da EDP ocorrerá, este ano, em simultâneo com a REN e a TAP.*”
A venda de mais uma tranche do capital EDP era um dos marcos do programa de privatizações do actual Governo. Mas a crise financeira e a intervenção do Fundo Monetário Internacional e da União Europeia acabaria por acelerar o processo, ao impor a saída definitiva do Estado, ainda este ano, da estrutura accionista da EDP.”

"Troika" manda cortar salários para aumentar produtividade**”

Não será antes aumentar o lucro em vez da produtividade?

Os sectores das telecomunicações e da electricidade são os principais visados,...**”




Diminui-se os ordenados, torna-se a empresa mais lucrativa, para depois se proceder à total privatização.
Para além das custas que temos de pagar para eles cá viram “ajudar-nos”, mais os juros que temos de pagar, ainda querem que privatizemos as empresas.
Então vejamos o que o sr John Perkins, “economical hit man”... “assassino económico” corruptor americano que trabalhava para o governo, através duma empresa privada, para disfarçar, tem a dizer sobre estas coisas.
Devemos ter em atenção o que tem acontecido e está a acontecer com a Grécia, da dívida impossível de pagar, o perdão, etc.

 
Memorando da troica

Parcerias Público Privadas

3.18. Fazer, com a assistência técnica da CE e do FMI, uma avaliação inicial de pelo menos os 20 contratos de PPP mais significativos, incluindo os PPPs das Estradas de Portugal e cobrindo um vasto leque de sectores. (3T 2011)
3.19. Recrutar uma firma de topo internacional de contabilidade para levar a cabo um estudo mais detalhado das PPPs consultando o INE e o Ministério das Finanças

Privatizações

3.30. O Governo vai acelerar o seu programa de privatizações. O plano existente, elaborado com horizonte até 2013, cobre as áreas dos transportes (Aeroportos de Portugal, TAP, e o ramo da carga da CP), da energia (GALP, EDP e REN), das comunicações (Correios de Portugal) e seguros (Caixa Seguros), assim como um número de pequenas empresas. O plano tem como objectivo receitas de 5500ME até ao fim do programa, com apenas um desinvestimento parcial para todas as grandes empresas. O governo compromete-se a ir ainda mais além, através do rápido e total desinvestimento das acções do sector público na EDP e REN, tem-se esperança que as condições de mercado permitam a venda destas duas companhias, assim como da TAP, pelo fim de 2011. O governo identificará, a tempo da segunda revisão, duas grandes empresas adicionais para privatização pelo fim de 2012.


John Perkins on Globalization
Um momento de descontracção também faz bem.

No tribunal da "Vila dos Anjos", o advogado de acusação chamou a sua primeira testemunha, uma avó de idade avançada.

Aproximou-se da testemunha e perguntou:

- D. Ermelinda, a senhora conhece-me?

- Claro. Conheço-te desde pequenino e francamente, desiludiste-me. Mentes descaradamente a todo o mundo, enganas a tua mulher com a secretária, ainda fizestes um filho na tua cunhada, e deste-lhe dinheiro para se livrar da barriga, manipulas as pessoas e falas mal delas pelas costas. Julgas que és uma grande personalidade quando não tens sequer inteligência suficiente para ser varredor. É claro que te conheço. Se conheço...

O advogado ficou branco, sem saber que fazer. Depois de pensar um pouco, apontou para o outro extremo da sala e perguntou:

- D. Ermelinda, conhece o defensor oficioso?

- Claro que sim. Também o conheço desde a infância. É frouxo, não tem tomates para manter a mulher na linha, ela anda a fornicar com os empregados da casa, o motorista, o jardineiro e até o carteiro dorme com ela, todo o mundo sabe, tem problemas com a bebida, não consegue ter uma relação normal com ninguém e na qualidade de advogado, bem... é um dos piores profissionais que conheço. Não me esqueço também de referir que engana a mulher com três mulheres diferentes, uma das quais, curiosamente, é a tua própria mulher.
Sim, também o conheço. E muito bem.

O defensor, ficou em estado de choque.

Então, o Meretíssimo pediu a ambos os advogados que se aproximassem do estrado e com uma voz muito ténue diz-lhes:

-Se algum dos dois perguntar à P*** da velha se me conhece, juro-vos que vão todos presos!
.

16.11.11

IMF & World Bank are weapons of war , by John Pilger



Boaventura Sousa Santos na SIC - 14 de Outubro de 2011

.


El Brasil de los tucanos

15.11.11

Recebido por correio. Embora duvide que tenha sido uma carta, há aqui muito boa informação que até se aplica a Portugal e é muito interessante.

Absolutamente a ler até ao fim, esta resposta de um grego a uma carta enviada para a revista Stern escrita por um alemão que se sente ofendido com o "estilo de vida" grego.
carta aberta” de um cidadão alemão, Walter Wuelleenweber, dirigida a “caros gregos”, com um título e sub-título:
.
Depois da Alemanha ter tido de salvar os bancos, agora tem de salvar também a Grécia
Os gregos, que primeiros fizeram alquimias com o euro, agora, em vez de fazerem economias, fazem greves
Caros gregos,
Desde 1981 pertencemos à mesma família. Nós, os alemães, contribuímos como ninguém mais para um Fundo comum, com mais de 200 mil milhões de euros, enquanto a Grécia recebeu cerca de 100 mil milhões dessa verba, ou seja a maior parcela per capita de qualquer outro povo da U.E.
Nunca nenhum povo até agora ajudou tanto outro povo e durante tanto tempo.
Vocês são, sinceramente, os amigos mais caros que nós temos. O caso é que não só se enganam a vocês mesmos, como nos enganam a nós.
No essencial, vocês nunca mostraram ser merecedores do nosso Euro. Desde a sua incorporação como moeda da Grécia, nunca conseguiram, até agora, cumprir os critérios de estabilidade. Dentro da U.E., são o povo que mais gasta em bens de consumo.
Vocês descobriram a democracia, por isso devem saber que se governa através da vontade do povo, que é, no fundo, quem tem a responsabilidade. Não digam, por isso, que só os políticos têm a responsabilidade do desastre. Ninguém vos obrigou a durante anos fugir aos impostos, a opor-se a qualquer política coerente para reduzir os gastos públicos e ninguém vos obrigou a eleger os governantes que têm tido e têm.
Os gregos são quem nos mostrou o caminho da Democracia, da Filosofia e dos primeiros conhecimentos da Economia Nacional.
Mas, agora, mostram-nos um caminho errado. E chegaram onde chegaram, não vão mais adiante!!!
.
Na semana seguinte, o Stern publicou uma carta aberta de um grego, dirigida a Wuelleenweber:
Caro Walter, Chamo-me Georgios Psomás. Sou funcionário público e não “empregado público” como, depreciativamente, como insulto, se referem a nós os meus compatriotas e os teus compatriotas.
O meu salário é de 1.000 euros. Por mês, hem!... não vás pensar que por dia, como te querem fazer crer no teu País. Repara que ganho um número que nem sequer é inferior em 1.000 euros ao teu, que é de vários milhares.
Desde 1981, tens razão, estamos na mesma família. Só que nós vos concedemos, em exclusividade, um montão de privilégios, como serem os principais fornecedores do povo grego de tecnologia, armas, infraestruturas (duas autoestradas e dois aeroportos internacionais), telecomunicações, produtos de consumo, automóveis, etc.. Se me esqueço de alguma coisa, desculpa. Chamo-te a atenção para o facto de sermos, dentro da U.E., os maiores importadores de produtos de consumo que são fabricados nas fábricas alemãs.
A verdade é que não responsabilizamos apenas os nossos políticos pelo desastre da Grécia. Para ele contribuíram muito algumas grandes empresas alemãs, as que pagaram enormes “comissões” aos nossos políticos para terem contratos, para nos venderem de tudo, e uns quantos submarinos fora de uso, que postos no mar, continuam tombados de costas para o ar.
Sei que ainda não dás crédito ao que te escrevo. Tem paciência, espera, lê toda a carta, e se não conseguir convencer-te, autorizo-te a que me expulses da Eurozona, esse lugar de VERDADE, de PROSPERIDADE, da JUSTIÇA e do CORRECTO.

Estimado Walter,
Passou mais de meio século desde que a 2ª Guerra Mundial terminou. QUER DIZER MAIS DE 50 ANOS desde a época em que a Alemanha deveria ter saldado as suas obrigações para com a Grécia.
Estas dívidas, QUE SÓ A ALEMANHA até agora resiste a saldar com a Grécia (Bulgária e Roménia cumpriram, ao pagar as indemnizações estipuladas), e que consistem em:
1. Uma dívida de 80 milhões de marcos alemães por indemnizações, que ficou por pagar da 1ª Guerra Mundial;
2. Dívidas por diferenças de clearing, no período entre-guerras, que ascendem hoje a 593.873.000 dólares EUA.
3. Os empréstimos em obrigações que contraíu o III Reich em nome da Grécia, na ocupação alemã, que ascendem a 3,5 mil milhões de dólares durante todo o período de ocupação.
4. As reparações que deve a Alemanha à Grécia, pelas confiscações, perseguições, execuções e destruições de povoados inteiros, estradas, pontes, linhas férreas, portos, produto do III Reich, e que, segundo o determinado pelos tribunais aliados, ascende a 7,1 mil milhões de dólares, dos quais a Grécia não viu sequer uma nota.
5. As imensuráveis reparações da Alemanha pela morte de 1.125.960 gregos (38,960 executados, 12 mil mortos como dano colateral, 70 mil mortos em combate, 105 mil mortos em campos de concentração na Alemanha, 600 mil mortos de fome, etc., et.).
6. A tremenda e imensurável ofensa moral provocada ao povo grego e aos ideais humanísticos da cultura grega.
Amigo Walter, sei que não te deve agradar nada o que escrevo. Lamento-o.
Mas mais me magoa o que a Alemanha quer fazer comigo e com os meus compatriotas.
Amigo Walter: na Grécia laboram 130 empresas alemãs, entre as quais se incluem todos os colossos da indústria do teu País, as que têm lucros anuais de 6,5 mil milhões de euros. Muito em breve, se as coisas continuarem assim, não poderei comprar mais produtos alemães porque cada vez tenho menos dinheiro. Eu e os meus compatriotas crescemos sempre com privações, vamos aguentar, não tenhas problema. Podemos viver sem BMW, sem Mercedes, sem Opel, sem Skoda. Deixaremos de comprar produtos do Lidl, do Praktiker, da IKEA.
Mas vocês, Walter, como se vão arranjar com os desempregados que esta situação criará, que por ai os vai obrigar a baixar o seu nível de vida, Perder os seus carros de luxo, as suas férias no estrangeiro, as suas excursões sexuais à Tailândia? Vocês (alemães, suecos, holandeses, e restantes “compatriotas” da Eurozona) pretendem que saíamos da Europa, da Eurozona e não sei mais de onde.
Creio firmemente que devemos fazê-lo, para nos salvarmos de uma União que é um bando de especuladores financeiros, uma equipa em que jogamos se consumirmos os produtos que vocês oferecem: empréstimos, bens industriais, bens de consumo, obras faraónicas, etc.
E, finalmente, Walter, devemos “acertar” um outro ponto importante, já que vocês também disso são devedores da Grécia:
EXIGIMOS QUE NOS DEVOLVAM A CIVILIZAÇÃO QUE NOS ROUBARAM!!!
Queremos de volta à Grécia as imortais obras dos nosos antepassados, que estão guardadas nos museus de Berlim, de Munique, de Paris, de Roma e de Londres.
E EXIJO QUE SEJA AGORA!! Já que posso morrer de fome, quero morrer ao lado das obras dos meus antepassados.
Cordialmente,
Georgios Psomás

14.11.11

The Greek Debt Crisis Explained in Four Minutes



Wall Street Explained in 5 Minutes




Episode 207


Episode 208

4.11.11

Vilão Santo Vilão

“De acordo com o relatório da 16ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, datado de 4 de Janeiro de 2011, “a protecção dos direitos humanos era garantida na Líbia; isto inclui não só direitos políticos mas também económicos, sociais e culturais”. O documento vai mais longe e fala da “experiencia pioneira no campo da distribuição da riqueza e nos direitos de trabalho”.
A delegação da ONU que visitou a Líbia “observou que todos os direitos e liberdades” estavam, na Líbia, “incluídos de forma coerente num quadro jurídico consolidado. As garantias legais formaram a base para a protecção dos direitos básicos do povo. Além disso, os abusos que pudessem ocorrer eram tratados pelo sistema judicial e os responsáveis levados à justiça. O sistema judicial salvaguardava os direitos dos indivíduos e era apoiado por outras entidades, acima de tudo o gabinete do Ministério Público.””


31.10.11


-------- Síria --------- -------- Portugal --------
GDP – real growth rate:
3.2% (2010 est.)
6% (2009 est.)
4.5% (2008 est.)
country comparison to the world: 119
GDP - real growth rate:
1.4% (2010 est.)
-2.5% (2009 est.)
0% (2008 est.)
country comparison to the world: 162
GDP – per capita (ppp):
$4,800 (2010 est.)
$4,800 (2009 est.)
$4,600 (2008 est.)
country comparison to the world: 152
note: data are in 2010 US dollars
GDP - per capita (PPP):
$23,000 (2010 est.)
$22,800 (2009 est.)
$23,400 (2008 est.)
country comparison to the world: 57
note: data are in 2010 US dollars
Population below poverty line:
11.9% (2006 est.)
Population below poverty line:
18% (2006)
Unemployment rate:
8.3% (2010 est.)
8.5% (2009 est.)
country comparison to the world: 96
Unemployment rate:
10.8% (2010 est.)
9.5% (2009 est.)
country comparison to the world: 118
Taxes and other revenues:
20.7% of GDP (2010 est.)
country comparison to the world: 153
Taxes and other revenues:
41.5% of GDP (2010 est.)
country comparison to the world: 37
Industrial production growth rate:
6% (2010 est.)
Industrial production growth rate:
1.6% (2010 est.)
country comparison to the world: 139
Debt - external:
$7.572 billion (31 December 2010 est.)
$7.243 billion (31 December 2009 est.)
country comparison to the world: 95
Debt - external:
$497.8 billion (30 June 2010)
$507 billion (30 June 2009)
country comparison to the world: 21

Apenas umas pequenas observações.

Primeira situação interessante é ver o PIB per capita Sírio é inferior ao Português, mas a população abaixo do nível de pobreza também é inferior. O que quer isto dizer? Simplesmente que a riqueza está melhor distribuída!

Segunda. O que o estado vai buscar em impostos e outras receitas são metade do que o estado português vai buscar aos portugueses (o que é em si um escândalo).

A dívida externa portuguesa, para além de sermos menos de metade da população Síria, é só 65 vezes superior.

Com a agravante.
Refugees and internally displaced persons:
refugees (country of origin): 1-1.4 million (Iraq); 522,100 (Palestinian Refugees (UNRWA))
IDPs: 305,000 (most displaced from Golan Heights during 1967 Arab-Israeli War) (2007)
Problema que a Síria enfrenta e suporta e nós não.

Síria

Portugal


Agora vejamos o que encontrei neste blog( http://democraciaemportugal.blogspot.com/ ), e este é só um exemplo:

O QUE PAGAMOS NA FACTURA DA ELECTRICIDADE....

Caros amigos:
Vocês por acaso sabem o que pagam na factura da electricidade?

Eu também fiz a mesma pergunta antes de saber o que andamos a pagar.
Vejam, neste exemplo duma factura de cerca de 66,50 €.
O que se paga:

- 3,8 €, correspondentes a 6% do IVA (vamos passar a pagar 23%);

- 4,5 €, correspondente a 7% de Taxa para a RDP e RTP (para que Malatos, Jorge Gabrieis, Catarinas Furtados e outras p... e p... possam receber 17.000 e mais €/mês;

- 35,6€, para subsídios vários, que correspondem a 53% do total da factura (em 2011 estes subsídios vários já atingiram 2.500 M€. Para não se perderem são dois mil milhões de Euros)

- 22,6 € correspondente realmente ao EFECTIVO consumo efectuado, ou seja 34% do total da factura. Desta forma, apenas consumimos 22,6 € de electricidade, mas pagamos no total 66,50 €.

Mas agora vamos ver o que são os subsídios vários, ou seja, os 53% do total da factura que pagamos, e que este ano já vão em 2.500 M€.

Permaneçam sentados para não caírem de cu:

- 3% são a harmonização tarifaria para os Açores e Madeira, ou seja, e um esforço que o país (TODOS NÓS) fazemos pela insularidade, dos madeirenses e açorianos, para que estes tenham electricidade mais barata. Isto é, NÓS já pagamos durante 2011, 75 M€ para aqueles ilhéus terem a electricidade mais barata!!!!!!!!!!!!!!!

- 10% para rendas aos Municípios e Autarquias. Mas que merda vem a ser esta renda? Eu explico: a EDP (TODOS NÓS) pagamos aos Municípios e Autarquias uma renda sobre os terrenos, por onde passam os cabos de alta tensão. Isto é, TODOS NÓS, já pagamos durante 2011, 250 M€ aos Municípios e Autarquias por aquela renda.

- 30% para compensação aos operadores. Ou seja, TODOS NÓS, já pagamos em 2011, 750 M€ para a EDP, Tejo Energia e Turbo Gás.

- 50% para o investimento nas energias renováveis. Aqueles incentivos que o Sócrates deu para o investimento nas energias renováveis e que depois era descontado no IRS, também o pagamos. Ou seja, mais uns 1.250 M€.

- 7% de outros custos incluídos na tarifa, ou sejam 175 M€. Que custos são estes? São Custos de funcionamento da Autoridade da Concorrência, custos de funcionamento da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Eléctricos), planos de promoção do Desempenho Ambiental da responsabilidade da ESE e planos de promoção e eficiência no consumo, também da responsabilidade da ERSE.

Estão esclarecidos? Isto é uma vergonha. NÓS TODOS pagamos tudo!

Pagamos para os açorianos e madeirenses terem electricidade mais barata, pagamos aos Municípios e Autarquias, para além de IMI's, IRS's, IVA's em tudo que compramos e outras taxas... somos sugados, chupados, dissecados....

Á laia de conclusão:
Parece-me que o governo Sírio, hoje, supostamente um governo mau e a abater, trata melhor os seus cidadãos, do que a nossa extraordinária pseudo-democracia.
A verdadeira razão para ser uma alvo a abater, é, não estar tão subjugada à máfia internacional.
Afinal quem tem mais razões para se revoltar? Quem tem alguma falta de liberdade* ou quem caminha a passos largos, para cada vez mais, ter menos pão na mesa?
Lembremo-nos que o processo de empobrecimento em Portugal ainda não chegou ao fim.

*Admito alguma legitimidade na revolta por falta de liberdade, mas não posso esquecer que grande parte do que está a acontecer, vem de fora.
.

30.10.11

NATO rebels looting and attacking civilians, NATO Crimes in Libya



Gaddafi speecg: “America hanged Saddam, and you could be next!” (with English)



Trial of Destruction: Sarkozy seud for Libya crimes



RAREST TRUTH ABOUT LIBYA



Canadian Pilots Refuse to Bomb Libya

28.10.11

Mais algumas razões porque Kadafi tinha de ser linchado:

Cash In On Chaos: Goldman Sachs ripped off Gaddafi?



Gaddafi´s Stolen Billions: Max Keiser Explains “Financial Terrorism”



“Gaddafi billions” Where is money of Libyans”



Saving the world economy from Gaddafi – Gold Dinar


Tha media isn´t reporting the meaning behind Libya

27.10.11

Aos poucos vamos sabendo da barbárie que foi, é e virá a ser esta invasão da Líbia

Webster Tarpley: Al Qaeda does US dirty work in Libya [MIRROR]


RAW, Libya Massive amount of munitions found dumped near Sirte city 27.09.2011


20,000 Libyan Surface to Air Missiles stolen

25.10.11

Amnistia Internacional denúncia:
Climate of fear in Syria's hospitals as patients and medics targeted

Parece que o vídeo não sai, então fica o enderço; - http://www.amnesty.org/en/news-and-updates/report/climate-fear-syrias-hospitals-patients-and-medics-targeted-2011-10-25

Recomendações* da amnistia internacional.
Para além de ser uma intromissão na vida dum país, não encontrei provas concretas das acusações que fazem e achei curiosa esta recomendação.

 Rescind instructions to hospitals operating under your jurisdiction to report to authorities
health professionals and hospital employees who have taken part in peaceful demonstrations
and respect fully their rights to freedom of expression and opinion.

* http://www.amnesty.org/en/library/asset/MDE24/059/2011/en/74190b0e-cbc4-4596-91fc-eb89863362d8/mde240592011en.pdf


Esperemos que não se esqueça do outro lado...
Vejamos então a pacifica oposição Síria...




Já agora...
Hidden agenda in Syria to show itself after Bidelçberg meeting

24.10.11

Lockerbie
Madsen: Lockerbie Bomber released to bailout Brititsh banks



Lockerbie Bomber truth 1/2



Lockerbie Bomber truth 2/2



Did Gadaffi order the Lockerbie Bombing?


Lockerbie CIA framing Libya 1/6


Lockerbie CIA framing Libya 2/6


Lockerbie CIA framing Libya 3/6


Lockerbie CIA framing Libya 4/6


Lockerbie CIA framing Libya 5/6


Lockerbie CIA framing Libya 6/6


The CIA and Flight 103 Lockerbie Bombing Part 1
Libyan Gold was globalist game all along
“We are killing ourselves. Our main goal seems to tear us apart,” a Sunnio woman says. “When we are like that, how can we blame the president? What do they mean by ‘Free Syria’? From whom? From what? We are the source of all problems. No one can guarantee the next president will be better. We might just end up like another Iraq.”
http://rt.com/news/people-source-syrian-sunni-331/







What you dont know about libyan crisis.

23.10.11

“JOSÉ FILIPE MORAES CABRAL (Portugal) welcomed the unanimous adoption of the resolution, which he said sent a clear, united message against the crimes being committed against civilians in Libya. He expressed deep concern over the plight of refugees and other humanitarian issues, including the safety of foreigners. Impunity would not be tolerated and serious crimes would be prosecuted.”
http://uk.ibtimes.com/articles/116663/20110227/un-resolution-libya-sanctions-original-text-un-resolution-1970-2011.htm

“JOSÉ FILIPE MORAES CABRAL (Portugal) said his country had voted in favour of the text because the attacks against civilians had continued after the passage of the last Council resolution, and conditions were deteriorating. He affirmed that today’s resolution addressed his country’s priorities, including protecting civilians, facilitation of unimpeded humanitarian aid, promotion of a national dialogue and guarantees for the territorial integrity and independence of Libya. He supported all diplomatic efforts to resolve the situation.”
http://www.un.org/News/Press/docs/2011/sc10200.doc.htm


War for Libyan oil planned long ago, no one cares about people.


Susan Linauer Ex funcionária da CIA, esteve presa por afirmações sobre o 9/11.
http://www.forbiddenknowledgetv.com/videos/911/susan-lindauer-imprisoned-forone-year-through-the-patriot-act.html


Oil War Crimes: Libya pays for embarrassing US

-Lockerbie(?)





22.10.11

Há julgamentos e há julgamentos fantoches.
Os primeiros são raros, os segundos abundam e agora surge um novo tipo de julgamento, mais conhecido na gíria popular por linchamento.




Killing Gaddafi easy cover-up for west deals



Gaddafi murder – International crime

21.10.11

Daqui e dali.


























Libyan rebels execute, behead and mutilate Gaddafi's Army who surrendered (2/4)



Libya rebels. My favorite video.

http://youtu.be/3pv7k25Np_E

Desmiolado?...lol

-

16.10.11

Funcionário da Comissão de Bolsa de Valores dos EUA denuncia no Congresso “destruição de provas” de crimes financeiros pelo órgão


“A presidente Dilma Rousseff criticou sexta-feira as políticas restritivas impostas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) aos países em crise.”

““O Brasil deu o grande passo quando voltou a crescer. Foi quando pagámos ao FMI e nos livrámos da sua interferência na nossa política interna”, ressaltou.”

““Jamais aceitaremos, como participantes do Fundo Monetário, que certos critérios que nos impuseram sejam impostos a outros países”,...”

“... sentenciou, após ter afirmado que o Brasil deverá aumentar a sua participação na entidade monetária mundial.”

LOL

14.10.11

D. Januário Torgal Ferreira


13.10.11

Os caminhos tortuosos para a construção da U(RS)E.

O incitamento à traição continua.

“Cavaco Silva admitiu que considera «expectável e desejável» que a prazo a união monetária seja acompanhada de «uma verdadeira União Económica e Financeira»,...”(o resto é a verborreia habitual)

11.10.11

“Problemas na Europa são "mais políticos do que financeiros” Vladimir Putin

Exacto.
Os caminhos tortuosos para a construção da U(RS)E.

1.10.11

A Verdade sobre a Crise

Suponhamos que sou um banqueiro e que empresto 1.000 dólares a John Smith, com a garantia da sua fábrica. A seguir, retiro uma parte dos meus outros empréstimos, diminuindo assim o poder de compra na região onde John Smith montou o seu negócio. Em consequência dessa contracção do poder de compra, de "procura", os preços baixarão e John Smith deixará de ganhar dinheiro. Como tem que pagar-me os juros do empréstimo que lhe fiz, começa por reduzir no pessoal e a instalar maquinaria que poupe mão-de-obra. Mas eu continuo a reduzir os meus empréstimos. Os preços continuam a baixar e, no final, John Smith fica sem recursos. Diz-me que não pode continuar a pagar os juros. Então, hipoteco-lhe a fábrica e ponho-a à venda. Faço-lhe uma oferta de 800 dólares, quantia que servirá para pagar o empréstimo que lhe fiz. Um pouco mais tarde começo a emprestar de novo, e os preços voltam a subir. A fábrica de John Smith tem agora muito valor, uma vez que voltou a aumentar – proporcionando poder de compra – a chamada "procura" do que ele fabricava. De maneira que vendo-lhe agora a fábrica por 5.000 dólares, metendo ao bolso, "com toda a legalidade", 4.000 dólares.

Arthur Nelson Field in The Truth about the Slump.

Surripado daqui; http://o-reaccionario.blogspot.com/2011/10/verdade-sobre-crise.html

30.9.11

Como se despe 
um chinês?


E um espanhol?
video

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.