25.2.11

Khadafi pode enfrentar sanções e acusações de crimes contra a humanidade.

“The total death toll in Libya is estimated to be about 1600.”
Foi o valor mais alto que encontrei até agora. É óbvio que ainda está em progressão o conflito.

Esta segunda-feira, o Conselho de Segurança da ONU emitiu um comunicado em que se dizia "preocupado com a situação na Líbia" e exigiu o fim da violência.


The Washington Post - October 11, 2006 -
The surveyors said they found a steady increase in mortality since the invasion, with a steeper rise in the last year that appears to reflect a worsening of violence as reported by the U.S. military, the news media and civilian groups.”

“Of the total 655,000 estimated "excess deaths," 601,000 resulted from violence and the rest from disease and other causes, according to the study.”

“According to the survey results, Iraq's mortality rate in the year before the invasion was 5.5 deaths per 1,000 people; in the post-invasion period it was 13.3 deaths per 1,000 people per year.

Gardian
“One expert also believes the number of civilian casualties may be higher than the Baltimore/Lancet figure. Frederick "Skip" Burkle is a professor in the department of public health and epidemiology at Harvard University who ran Iraq's ministry of health after the war but was sacked by the US and replaced by a Bush loyalist. He says the survey ignored the occupation's indirect or secondary casualties - deaths caused by the destruction of health services, unemployment and lack of electricity. Two surveys by non-government organisations found a rise in infant mortality and malnutrition, he notes, so why are those figures not reflected in the second study that appeared in the Lancet?”

“Alas for Bush and Blair, most statisticians do not support their case. Nor can any journalist or other independent witness who has seen the pain of the bereaved still living in post-invasion Iraq or the millions who have escaped to Jordan and Syria. Estimates of the Iraqi deaths caused by Saddam's regime amount to a maximum of one million over a 35-year period (100,000 Kurds in the Anfal campaign in the 1980s; 400,000 in the war against Iran; 100,000 Shias in the suppressed uprising of 1991; and an unknown number executed in his prisons and torture chambers). Averaged over his time in power, the annual rate does not exceed 29,000.”

A Opinion Research Business estima que 1.2 milhões de Iraquianos foram mortos violentamente desde a invasão americana.”

***

"Um dia de atraso no pagamento da factura da água dá execução fiscal."
 

22.2.11

Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem, decidiu dar-lhes apenas duas virtudes...

Assim, mandou ao seu anjo-secretário que anotasse quais seriam os dons:

- Aos Suecos, os fez estudiosos e respeitadores da lei.

- Aos Ingleses, organizados e pontuais.

- Aos argentinos, chatos e arrogantes.

- Aos Japoneses, trabalhadores e disciplinados.

- Aos Italianos, alegres e românticos.

- Aos Franceses, cultos e finos.

- Aos Portugueses, inteligentes, honestos e socialistas.

O anjo anotou, mas logo em seguida, cheio de humildade e de medo, indagou:

- Senhor, a todos os povos do mundo foram dadas duas virtudes, porém aos portugueses foram dadas três! Isto não os fará soberbos em relação aos outros povos da terra?

- Muito bem observado, bom anjo! exclamou o Senhor.

- Isso é verdade!

- Façamos então uma correcção! De agora em diante, os portugueses, povo do meu coração, manterão esses três dons, mas nenhum deles poderá utilizar mais de duas simultaneamente, como os outros povos! Assim sendo:
O que for socialista e honesto, NãO PODE SER INTELIGENTE;
O que for socialista e inteligente, NãO PODE SER HONESTO;
E o que for inteligente e honesto, NãO PODE SER SOCIALISTA !!!!

PALAVRAS DO SENHOR!!!...

18.2.11

“Rendeiro pedia 4 milhões, tribunal só dá 25 euros.”
“Porém, o credor 5.647, a sociedade Zenith SGPS, criada em Maio de 2004 e presidida por João Rendeiro, que reclama uma dívida de 31,8 milhões de euros junto do BPP, viu ser reconhecido pela mesma comissão um montante superior em mais de 3 milhões de euros ao que era pedido, ascendendo a um total ligeiramente superior a 35 milhões de euros.”
http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=11980

Tem sido apelada às emoções das pessoas, com mais incidência sobre os investidores mais pequenos, de que não tiveram culpa ou responsabilidade sobre o que aconteceu ao banco, à sua gestão e por isso devem ser indemnizados.
É uma meia verdade para atingir um objectivo diferente.
Perguntemos então o seguinte; O que teria acontecido se tudo tivesse corrido bem e eles tivessem lucrado com o investimento que fizeram? Teriam distribuído os lucros obtidos por todos o portugueses? Não, como é óbvio.
Então porque razão devem agora todos os portugueses suportar os prejuízos que o seu investimento teve? Não há nenhuma razão.
Quem investe corre um risco, por vontade própria, e colhe um lucro.
A razão prende-se com a imagem, credibilidade, da banca, do sistema vigente. E é aqui que os governantes e companhia lda, demonstram para quem trabalham, ou quem temem.
Os eleitos, que deviam decidir a favor, em benefício, no interesse da maioria, decidem contra os interesses dos eleitores, em benefício de uns poucos, manipulando a opinião e sentimentos, para legitimar as suas decisões.
Torna-se evidente que a banca pode sempre continuar a oferecer investimentos com retorno garantido. Em último caso todos os portugueses, pagarão o investimento, sem risco, só com lucro, benefício, “embora à partida, o risco, até possa não ser (o) previsto”.
Outro problema que surge com esta forma de salvar a banca, é a perpetuação deste sistema que não é nem justo nem honesto* e que promove por parte desta, a dependência e controle.
Se devo ter pena dos pequenos investidores que perdem muitas das suas economias, porque quiseram, legitimamente, obter mais lucro/rendimentos e para isso correram riscos, não devo ter pena daqueles que, mesmo com ordenados muito pequenos, vão ter de suportar com mais esta despesa, no qual não têm também qualquer responsabilidade, não quiseram sequer correr qualquer risco, muitos nem posses têm, para esse luxo?
É a individualização dos lucros, a colectivização/socialização dos custos/prejuízos e o branqueamento deste sistema, seus criadores e apoiantes.
Dirão alguns que se não se tivesse salvo a banca, teria sido muito pior. Pois bem. Façamos a experiência para confirmar.
Na pior das hipóteses (também posso fazer futurologia) ficaríamos mais conscientes de que banca não é sinónimo de rectidão, integridade e também de que este sistema não é bom.
Se o lucro é individual, o prejuízo é individual. Se o lucro é colectivo, o prejuízo é colectivo.
Porque os respectivos “organismos” que deviam acautelar o bom funcionamento, não cumpriram as suas funções, o prejuízo deve ser colectivo. Errado. O colectivo também não tem culpa. Este argumento é livrar os seus responsáveis de não terem cumprido as suas obrigações contratuais.
Quem investe deve saber, tem essa obrigação, em que condições arrisca. Faz parte do risco de investir. Uma delas é saber que não são os governantes que dominam o poder económico, mas sim o contrário.

*Para além de outros benefícios, a banca, usufrui duma taxa de IRC bastante mais pequena, que as micro, pequenas e médias empresas.
Benefícios que todos nós somos abrigados a conceder, por imposição dos nossos governantes.
Mesmo assim; “Ex-quadros do Santander põem a nu esquema para reduzir factura fiscal.”
“Reduzir factura fiscal”, no caso do cidadão anónimo, chama-se, fuga ao fisco.
http://economia.publico.pt/Noticia/exquadros-do-santander-poem-a-nu-esquema-para-reduzir-factura-fiscal_1480733
.

17.2.11

Tráfego humano e prostituição com mão-de-obra escrava.

16.2.11

Verdade de La Palisse!

“O Senhor de La Palice
Morreu em frente a Pavia;
Momentos antes da sua morte,
Podem crer, inda vivia.” 

“Bernard Madoff, que cumpre uma pena de 150 anos de prisão, diz que vários bancos e fundos de investimento sabiam necessariamente da sua fraude: "Não podiam não saber".”
http://clix.expresso.pt/madoff-diz-que-os-bancos-sabiam-da-sua-fraude=f632377

É evidente que para os governantes nada disto é verdade. Mais, se não salvassem a banca e seus comparsas, entraríamos numa crise a nível mundial.
Depois de terem salvo a banca e afins, como é evidente, o mundo vive na abastança.

A crise representa oportunidade...
Ordo ab chaos (Grau 33?)...
.

13.2.11

End of Nations - EU Takeover & the Lisbon Treaty

10.2.11

Aconselhamento.

Todos aqueles que quiserem comentar neste blog, estejam completamente à vontade. No entanto abstenham-se da fazer figuras tristes como a que segue, deixada aqui:

“Anónimo disse...

É uma conspiração (que inclui toda a comunicação social, académicos, instituições do Estado, etc.) de toda a gente que sabe como funciona o nosso sistema eleitoral contra todos os que não fazem a menor ideia do que é um sistema eleitoral - como você...
Parabéns: sozinho conseguiu desmascarar esta gigantesca burla!
Patético.”

A) Quando não entendam, ou porque a explicação é confusa, ou simplesmente não entendem, perguntem.

B) Manipuladores há poucos, só o é quem tem para isso capacidades, quem pode, e não quem quer, e depois, toda uma série de idiotas úteis, que propagam essa manipulação, sem o saber ou disso se aperceberem, ou até mesmo sabendo concordam com ela.


(...) a desinformação nem sempre é obra de um desinformador a soldo de um serviço especializado. Muitas vezes testemunha um estado de espírito colectivo que inicialmente pode ter sido provocado por um desinformador ou que este possa ter desviado em seu proveito.

Vladimir Vôlkoff

.

2.2.11

Barbaridades do costume


“Vieira da Silva... "A ASAE... … revelando-se como um instrumento de reforço da cidadania em Portugal", disse.”


“... a ASAE é "um instrumento poderoso na economia portuguesa, na defesa do direito dos consumidores e da Lei da Concorrência".”

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/portugueses-satisfeitos-com-a-asae



“Fidel Castro considerou na terça-feira que «o destino» do Presidente do Egipto, Hosni Mubarak, «está traçado»”

http://sol.sapo.pt/inicio/Internacional/Interior.aspx?content_id=10664


A barbaridade aqui não é o que diz, mas a promoção de um crápula.

A boa notícia; Finalmente leva com 7 palmos de terra em cima. Claro que, logo a seguir, a má notícia; A bicharada mudou de pasto.


O caixote do lixo...

Berlim admite envio de jovens sem consulta para Portugal

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1773670

.

Petição Investidores da Republica Popular da China


Como cidadãos Portugueses Pretendemos relativamente à Republica Popular da China:

1. Saber a situação e como se processa o investimento de um empresário ou empresa oriunda da Republica Popular da China em Portugal.

2. Quais as regalias por investir em território Nacional?

3. O que ganha Portugal com o investimento dessas empresas no nosso território?

4. Obrigação à criação de postos de trabalho para cidadãos Portugueses.

5. Maior fiscalização as lojas e empresas, por parte das entidades competentes.

6. Controlo, no excesso de abertura de lojas numa pequena área comercial, provoca asfixia e ruptura do comercio tradicional.

E lá ficou o sapato
video
Por correio

1.2.11

ALTERAÇÃO IRS 2010-ATENÇÃO

IRS 2010 - Atenção à actualização da relação dos seus dependentes!

Actualize a sua lista de dependentes na DECLARAÇÃO ANUAL DE RENDIMENTOS - IRS (Por definição, são seus dependentes, todos aqueles que você é OBRIGADO, POR LEI, A SUSTENTAR)

Assim, são SEUS DEPENDENTES:

- Ciganos;

- Vagabundos;

- Presidência da República e assessores;

- Governo e assessores (até mesmo os familiares nomeados por
clientelismo político);

- Câmara Municipal e assessores (idem);

- Águas de ... (consumos mínimos e estimado);

- EDP (consumos mínimos e consumo estimado);

- TMN; VODAFONE; OPTIMUS; etc.

- Gás de Portugal (consumos mínimos e estimado);

- Beneficiárias da taxa de saneamento básico (recolha de lixo, etc);

- Centros de inspecção de veículos;

- Companhias seguradoras (seguro automóvel e casa se recorreu ao crédito bancário, obrigatório);

- BRISA - Portagens;

- Concessionárias de parques e estacionamento automóvel;

- Concessionárias de terminais aeroportuárias e rodoviários;

- Instituições financeiras - Taxas de administração e manutenção de contas correntes, renovação anual de cartões, requisição de cheque etc.;

- Mais de 230 deputados da Assembleia da República, com os respectivos ESQUEMAS de apoio.

... Para o ano é provável que tenha ainda MAIS!!!


Recebido por correio.

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.